24/05/2020 às 08h48min - Atualizada em 24/05/2020 às 08h48min

AMOR, COMO FOI A REUNIÃO?

Você sabe como é né? Na humanidade não para de morrer gente. Se tem vida, tem morte do outro lado.

Elias Neto
pixabay
Brasília, residência de um dos ministros do atual governo, 22 de abril de 2020.

O ministro se arruma para sair enquanto responde algumas mensagens dos seus assessores pelo celular. 

- Amor, hoje vou chegar um pouco mais tarde. Teremos uma reunião importante com todos os ministros e o capitão. É uma das primeiras reuniões do novo ministro da saúde. Ele deve apresentar algum plano e vai precisar da ajuda de todos os Ministérios. 

A esposa do ministro também está no celular e parece um pouco assustada com o que tá lendo. Mesmo assim ela o responde.

- Tudo bem. Mas vou te aguardar para jantar. Como é mesmo o nome dele?
- De quem?
- Do novo ministro.
- Nelson Teich. Não sei como se pronuncia o sobrenome dele. Acho que é com som de k no final. 
- Ele tem um grande desafio, não é? Tava vendo aqui as notícias sobre essa doença e, tá complicado.
- O que você viu?
- Até ontem foram 2700 mortos. Falta de EPI para os profissionais de saúde e algumas cidades já chegaram ao limite do atendimento.
- Sim, mas não é bem assim. Você sabe como a imprensa aumenta as coisas. Esses governadores comunistas tão se aproveitando.
- Li que em Manaus, a prefeitura instalou contêineres frigoríficos num cemitério.
- Você sabe como é né? Na humanidade não para de morrer gente. Se tem vida, tem morte do outro lado. 
- E os corpos estão sendo enterrados em valas comuns.
- O que?
- Em Manaus, os corpos estão sendo enterrados em covas coletivas.
- Amor, chega! Não vamos mais falar disso. É histeria, apenas isso. 

O ministro se despede mais uma vez e sai. A noite ele volta, toma um banho. E senta com a esposa pra jantar.

- E aí como foi a reunião?
- Foi boa, produtiva. Mas o capitão tava meio nervoso.
- Então? Qual é o plano?
- Que plano? 
- O plano do novo ministro saúde? 
- Ele falou um pouco lá, uns 5 minutos. Mas aí tinham outras coisas mais importantes para o Brasil nesse momento, então mudamos de assunto. Você sabia que no Brasil mora mais de um milhão de ucranianos?

A esposa ri e confirma com a cabeça, mas na verdade ela nem entendeu o que ele falou. Ele continuou falando, e ela continuava desatenta ouvindo a voz dele bem lá no fundo. Ele falava alguma coisa sobre palavrões, bosta e estrume.

Enquanto isso, tudo que ela pensava era: o que será que é mais importante para o país nesse momento, que não essa situação?

Fiquem na paz e, se puderem, fiquem em casa!
Tudo vai passar, tudo vai ficar bem!  
Elias Neto

 

Instagram: https://www.instagram.com/eliasnetoficial/
Facebook: https://www.facebook.com/elias.neto.31
Email: netoelvn@gmail.com
Link
Elias Neto

Elias Neto

Coluna do Elias Neto

Relacionadas »
Comentários »