23/01/2020 às 19h18min - Atualizada em 23/01/2020 às 19h18min

Amazonense do Careiro da Várzea Carlos Diego Brilha no UFC.

Eduardo Sampaio
Redação
Único brasileiro no UFC 246, o amazonense Carlos Diego Ferreira brilhou na noite deste sábado e venceu o americano Anthony Pettis. Pelo feito, o lutador nascido no Careiro da Várzea ganhou a bolsa de US$ 100 mil (R$ 416 mil) e entra como destaque na competição que já teve em José Aldo um dos campeões mundiais.

O evento foi realizado em Las Vegas e teve transmissão mundial. O amazonense venceu a luta com um mata-leão. Careiro da Várzea é um Município que fica em frente a Manaus. Para chegar até lá, quem parte da capital amazonense atravessa o Encontro das Águas dos rios Negro e Solimões. Careiro fica na margem direita do rio Solimões e é o local de chegada da balsa que sai da Ceasa, levando veículos para a rodovia BR-319 (Manaus-Porto Velho).
Diego é profissional de Mixed Martial Arts (MMA), Artes Marciais Mistas, desde 2011. Lutou no South Texas Fighting Championships e nessa categoria finalizou o experiente brasileiro Jorge Patino. Foi aí que carimbou o passaporte para o UFC.Com cinco vitórias seguidas, Diego encarou o desafio de enfrentar o “Showtime” Anthony Pettis. Trata-se de adversário conhecido por nocautear adversários com golpes surpreendentes. No mais famoso deles, Pettis escalou o octógono e nocauteou Ben Henderson com um pontapé no rosto. Ele foi campeão categoria peso leve em 2013.
 

Diego não deu chances ao malabarismo do adversário. Faixa-preta de jiu-jítsu, ele dominou o primeiro round. Levou a luta para o chão, ganhou as costas do adversário e impediu que Pattis se movimentasse. Também imprimiu um jogo agressivo em pé. No segundo round, com uma rápida trocação em cima, Diego levou Pattis facilmente para o chão e encaixou o mata-leão. Ele ainda ficou com o pé preso no corpo do adversário e, após a vitória, levantou mancando. “Está tudo bem. Apenas senti um pouco quando coloquei o pé no chão”, disse.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »