01/06/2020 às 16h23min - Atualizada em 01/06/2020 às 16h23min

BdcNoticias | Igreja fechadas até 23 de junho. Voltam a funcionar, com 30% de ocupação.

Redação
Redação
Arcebispo de Manaus, Dom Leonardo Steiner afirmou que a medida é necessária para combater a Covid19. A Arquidiocese de Manaus informou que as missas e todas as atividades presenciais continuam suspensas até o dia 23 de junho, por conta do aumento do número de infectados e de óbitos causados pelo novo coronavírus. 

Apesar do decreto governamental que permite que a partir da próxima segunda-feira (1º de junho), igrejas e templos voltem a funcionar, com 30% de ocupação, com eventos de até 1 hora de duração, a arquidiocese não irá reabrir as portas.
 
As celebrações têm sido realizadas on-line desde o dia 23 de março, quando as celebrações públicas das missas, catequeses, confissões e reuniões da igreja católica foram suspensas, inicialmente por um período de 30 dias, devido ao avanço da pandemia no estado. 

A suspensão vem sendo mantida, diante da crescente curva de casos confirmados de coronavírus no Amazonas, que até o momento já contabiliza 36.146mil casos, sendo 15.769em Manaus e 20.377no interior, segundo boletim epidemiológico divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) nesta quinta-feira (28).
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »