11/08/2020 às 10h56min - Atualizada em 11/08/2020 às 10h56min

​SSP envia policiais para resgate de corpos em Nova Olinda

REDAÇÃO
REDAÇÃO
Depois de três mortes registradas ao longo de uma operação policial no município de Nova Olinda do Norte, no interior do Amazonas, a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-AM) confirmou, nesta segunda-feira (10), que mais corpos foram encontrados e equipes estão em diligência para resgatar os mesmos na região. Não informaram, no entanto, a quantidade de vítimas, ou a identidade delas.

A SSP realiza, há mais de uma semana, ações na região para combater a atuação de uma organização criminosa que seria responsável por crimes de diversas naturezas, ameaçando a população de uma maneira geral, inclusive indígenas que residem nessas comunidades, segundo a secretaria. Na região, dois policiais militares e um outro homem foram mortos no início do mês. Outros dois policiais foram baleados durante a ocorrência, mas não correm risco de morte.

Na última sexta-feira (7), a Justiça Federal determinou, em decisão liminar, que a União, por intermédio da Polícia Federal, adote medidas cabíveis para proteção dos indígenas e populações tradicionais do município de Nova Olinda do Norte e região, considerando as fronteiras com Borba e Maués. A SSP enviou efetivo de 50 policiais, incluindo o comandante da Polícia Militar no Amazonas, para reforçar a ação no local. A partir daí, o MPF passou a receber relatos de diversos atos de abuso e violação de direitos por parte da Polícia Militar contra moradores tradicionais do rio Abacaxis.

De acordo com a SSP, indígenas confirmaram à polícia que traficantes locais fugiram, em bando armado, para se esconder dentro das terras indígenas com a chegada dos reforços policiais. Esse grupo, ainda conforme nota da SSP, já cometeu homicídios na cidade, inclusive de indígenas. A polícia acredita que estejam agindo de forma articulada para manchar o trabalho realizado pela equipe na área, sendo responsável por novos homicídios registrados no lugar.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »