19/06/2018 às 19h52min - Atualizada em 19/06/2018 às 19h52min

Adolescente morre no hospital após ser baleado no rosto na feira do Mutirão

A vítima de 17 anos deu entrada no Hospital Dr. João Lúcio no último domingo (17). Ontem, ele não resistiu e morreu na unidade hospitalar

Larissa Golvin
acritica.com
O adolescente estava sentado em uma das bancas do bairro, quando um homem atirou no rosto dele (Foto: Jander Robson)

Um adolescente de 17 anos, identificado como Saymon Lucas Cordeiro Liborio, que foi baleado no rosto no último domingo (17), na feira do Mutirão, na Zona Leste de Manaus, morreu na noite dessa segunda-feira (18), no Hospital e Pronto Socorro Dr. João Lúcio. O rapaz veio a óbito por volta das 21h.

Segundo a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o adolescente estava sentado em uma das bancas, quando um homem, que ainda não foi identificado, atirou no rosto dele.

Saymon foi levado para o Hospital e Pronto Socorro Platão Araújo e posteriormente transferido para o João Lúcio, onde morreu na noite de ontem.

O corpo do adolescente foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML). O caso está sendo investigado pela DEHS.

Caminhoneiros fazem carreata em Manaus em protesto contra alta dos combustíveis

Um adolescente de 17 anos, identificado como Saymon Lucas Cordeiro Liborio, que foi baleado no rosto no último domingo (17), na feira do Mutirão, na Zona Leste de Manaus, morreu na noite dessa segunda-feira (18), no Hospital e Pronto Socorro Dr. João Lúcio. O rapaz veio a óbito por volta das 21h.Segundo a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o adolescente estava sentado em uma das bancas, quando um homem, que ainda não foi identificado, atirou no rosto dele.Saymon foi levado para o Hospital e Pronto Socorro Platão Araújo e posteriormente transferido para o João Lúcio, onde morreu na noite de ontem.O corpo do adolescente foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML). O caso está sendo investigado pela DEHS. Caminhoneiros fazem carreata em Manaus em protesto contra alta dos combustíveis

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »