26/06/2018 às 13h16min - Atualizada em 26/06/2018 às 13h16min

Contagem regressiva para o 53°Festival Folclórico de Partintins

Um dos pontos altos de manifestação da cultura local, explora as temáticas regionais

Eduardo Sampaio - eduardosampaio@bdcnoticias.com.br
Redação
Esta semana é realizada a maior festa popular do norte do País, o Festival Folclórico, a cidade de Parintins já vive o clima do boi-bumbá. 53°Festival Folclórico, vai marcar as comemorações dos 30 anos do Bumbódromo e foram realizados em parceria com o Governo do Estado e Prefeitura de Parintins. Já pode se observar as alegorias deslocando-se para a entrada do Bumbódrono, brilhante o trabalho dos artistas dessa terra que fazem grandes trabalhos alegoricos que encantam quem ver.
 
O 53º Festival Folclórico de Parintins será transmitido na íntegra para todo o Brasil através das emissoras “TV A Crítica” e “TV Cultura”. A festa folclórica dos bois-bumbás, além de ser uma das comemorações mais aguardadas da região, é considerada uma das dez mais populares do Brasil. A cada ano, cerca de 100 mil pessoas se deslocam até a ilha para ver o espetáculo. 
 
E não apenas o Bumbódromo se veste nas cores dos bois Garantido e Caprichoso. Ruas, bairros e prédios adotam pinturas e decoração com as cores vermelha para o boi Garantido e azul para o boi Caprichoso. A primeira edição do Festival Folclórico de Parintins aconteceu em 1965, com a apresentação dos dois bois e 22 quadrilhas. Alguns anos depois, o evento cresceu, ganhou fama, foi transmitido nacionalmente e passou a ser considerado como atração turística.
 
As apresentações, a céu aberto no bumbódromo, colocam frente à frente na disputa o Boi Caprichoso, de cor azul, e o Boi Garantido, de cor vermelha. Um dos pontos altos de manifestação da cultura local, explora as temáticas regionais, com lendas, rituais indígenas e costumes dos ribeirinhos, através de alegorias e encenações.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »