26/02/2021 às 16h31min - Atualizada em 26/02/2021 às 16h31min

Curta de ficção inspirado no isolamento social é gravado em Manaus

JACKSON SALVA TERRA
REDAÇÃO
Diante do cenário atípico em decorrência da pandemia de Covid-19 na cidade de Manaus, a jornalista e produtora audiovisual, Deiny Sousa realizou a etapa de produção de seu primeiro curta-metragem de ficção “Minha Janela”.O roteiro destaca a rotina de uma professora, pertencente ao grupo de risco, que neste período de pandemia se divide entre tarefas de casa e as aulas em home office. A personagem principal vive no seu dia a dia o conflito de querer sair, voltar à vida normal e o medo de contrair o vírus da covid-19.

O projeto do curta-metragem “Minha Janela” conta com o apoio da Prefeitura de Manaus e do governo federal, por meio do Edital Concurso-Prêmio Manaus de Conexões Culturais 2020 – Lei Aldir Blanc. A pré-produção teve início em dezembro, porém sofreu alterações em seu cronograma devido aos decretos estaduais que restringiam a circulação de pessoas em Manaus devido ao aumento da pandemia do novo coronavírus na cidade.

O filme tem como objetivo promover uma reflexão acerca da problemática produzida pela realidade do novo coronavírus, além de criar oportunidades e valorização de artistas e demais profissionais que atuam no cinema local. Por causa da característica emergencial do edital no qual o curta-metragem foi contemplado para a pré-produção e produção, o lançamento e divulgação do material finalizado ocorrerão posteriormente e ficará disponível nas plataformas digitais.

Equipe. Direção e roteiro, Deiny Sousa; diretora de fotografia, Marilene Silva; assistência de direção, Gláuria Sobreira; direção de produção, Joyce Belleza; pesquisa para elaboração do roteiro, psicólogo Erasmo Sousa; operador de câmera, Alex Maia; produção executiva; Delma Lima; elenco principal atriz Ítala Lima e o ator Denis Lopes.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »