17/03/2021 às 17h56min - Atualizada em 17/03/2021 às 17h56min

Nova Olinda está em estado de alerta com subida das águas do Rio Madeira

REDAÇÃO - BDC NOTICIAS.
Reportagem: Jackson Salvaterra Fotos: Divulgação
A Coordenadoria de Defesa Civil de Nova Olinda (CONDEC) distante a 135 quilômetros de Manaus está preocupada com a enchente deste ano que já ultrapassa a cota da última cheia registrada em 2014, onde possivelmente terão pontos de alagamentos na cidade. Com as constantes chuvas que vem caindo na região, o nível do Rio Madeira aumentou sua cota, chegando a 18,74 cm considerado estado de alerta em Nova Olinda do Norte, segundo a Defesa Civil.

“Em vistoria feita pela COMDEC na orla do município bem como o s bairros da cidade, verificou-se a real ameaça da enchente deste ano afeta não só as ruas do centro da cidade, mais casas de civis que residem a margens de leitos de igarapés, terrenos acidentados, e terrenos no centro da cidade de baixo nível, ainda existem aquelas construções próximas a vegetações espessas de igarapés que cortam a cidade, aumentando o risco de contato com predadores de agua doce e animal peçonhentos, além de estarem expostos a doenças virais”, destacou Edinho Figueiredo, Gerente de Defesa Civil Nova Olinda do Norte.
“Ressaltamos que o poder público municipal já está tomando todas as medidas de prevenção, bem como alimentando o sistema do Estado no envio das informações para que se tome ciência e as devidas providências”, destacou Edinho Figueiredo.

Com a possível enchente no município, vários bairros serão afetados, entre eles os bairros Santa Ana, Nossa Senhora de Fátima, Bairro da UEA, Marcos Araújo, Nova Floresta, Palhal, Orla da Cidade, bairro Santo Antônio Cavalcante, estão em estado de alerta quanto o avanço gradual das águas do rio madeira, o que faz com que esta COMDEC monitore diariamente, buscando formas de viabilizar a prevenção e o socorro, além da zona rural que é a primeira a ser afetada pelo fenômeno natural, para isso a CONDEC já está fazendo o levantamento das áreas atingidas e vai monitorar de perto as localidades.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »