20/10/2021 às 15h02min - Atualizada em 21/10/2021 às 00h00min

OnCare Saúde ajuda as empresas a cumprirem os requisitos do eSocial

Empresa está pronta para orientar e auxiliar as empresas a cumprirem todas as etapas e conquistarem com o sistema maior eficiência dos processos, mais simplicidade no envio e correção das informações

SALA DA NOTÍCIA Sandra Cunha
Dr. Ricardo Pacheco, médico, gestor em saúde, diretor da OnCare Saúde e presidente da ABRESST
OnCare Saúde ajuda as empresas a cumprirem os requisitos do eSocial

Empresa está pronta para orientar e auxiliar as empresas a cumprirem todas as etapas e conquistarem com o sistema maior eficiência dos processos, mais simplicidade no envio e correção das informações

O eSocial, Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas é um projeto do governo federal em conjunto com diversos órgãos e entidades (como Secretaria da Receita Federal do Brasil, Caixa Econômica Federal, Instituto Nacional do Seguro Social e Ministério do Trabalho), que há anos passava por estudos e melhorias para ser implantado. O sistema que reúne informações relativas a obrigações tributárias, trabalhistas e previdenciárias já está em vigor.
A utilização será obrigatória a todas as empresas privadas e públicas do País, e os dados enviados devem se encaixar na padronização exigida pelo sistema. Essa plataforma se baseia no conjunto de leis que se aplicam às relações entre empregadores e empregados.
O descumprimento, a falta de informações ou a inconformidade de dados acarretará multas automáticas geradas à empresa.
O eSocial entre em vigor essa semana para as empresas do Grupo 1 e a OnCare Saúde, mais que uma solução para fomentar a saúde e bem-estar do trabalhador brasileiro, está preparada para orientar e ajudar as empresas a se adequarem às exigências do e-Social.
Ricardo Pacheco, médico, gestor em saúde, diretor da OnCare Saúde e presidente da ABRESST (Associação Brasileira de Empresas de Saúde e Segurança no Trabalho), afirma que foram destacados profissionais especificamente para facilitar esse processo de adaptação. “A OnCare assessora as empresas, agora do Grupo 1, a garantir os direitos previdenciários e trabalhistas, simplificando o cumprimento de obrigações, aprimorando a qualidade das informações de relações de trabalho fiscais, previdenciários e do trabalho”.
O médico lembra que a OnCare Saúde conta com profissionais totalmente capacitados para as questões do e-Social. “Todos os nossos colaboradores passam por um treinamento adequado para fornecer um atendimento personalizado. Estamos disponíveis para tirar todas as dúvidas e oferecer todo o suporte necessário, com toda a presteza e atenção que o cliente procura e merece”.
Para Ricardo Pacheco, o eSocial tem benefícios importantes. “Com o sistema se conquista maior eficiência dos processos impactados pelo eSocial, mais simplicidade no envio e correção das informações, maior segurança no armazenamento dos dados e a substituição de processos manuais por processos automatizados”, esclarece o diretor da OnCare Saúde.
De acordo com Gustavo Cardoso, contador, sócio fundador da Save Contabilidade e responsável pela controladoria contábil, fiscal e trabalhista de todo o grupo de empresas que compõe a Oncare Saúde, lembra que além de ficar em dia com as novas obrigações, a empresa evita multas e fiscalizações indesejadas. “Contudo, o maior benefício é manter a transparência nas relações trabalhistas com os colaboradores, fornecendo informações de forma clara, fácil e em tempo real”, afirma.

Benefícios do eSocial para a saúde e segurança do trabalhador brasileiro

         De acordo com o médico, a partir da 4ª Fase (referente às informações de saúde e segurança do trabalho, que devem ser enviadas em 13 de outubro desse ano para o Grupo 1), a área de SST ganhará destaque na estrutura interna das empresas. “Com uma fiscalização mais rigorosa das exigências trabalhistas, todas as empresas deverão seguir normas de segurança ou possuir programas específicos em SST. Isso é muito importante, visto que no Brasil ocorrem 22 acidentes de trabalho por hora, de acordo com último levantamento feito pelo Ministério público do trabalho. Ter ferramentas para minimizar esse impacto é de suma importância e a OnCare Saúde ajuda as empresas a utilizar essas ferramentas”, complementa Ricardo Pacheco.
Gustavo Cardoso, da Save Contabilidade, adverte que empresas com faturamento anual superior a R$ 78 milhões, do Grupo 1, estão obrigadas a prestarem o envio de informações de Saúde e Segurança do trabalho (SST) no eSocial a partir do dia 13 de outubro. “Após o início da 4ª Fase nas empresas, o não envio dos eventos no prazo estipulado pelo governo acarretará multas ao contribuinte. Ele lembra que dependendo do ramo de atividade, a empresa terá que recolher o Adicional à Contribuição ao Risco Ambiental do Trabalho (ADRAT), previsto no art. 57, § 6º da Lei nº 8.213/1991”.
Ricardo Pacheco alerta que as empresas precisam cumprir as exigências do e-social. “Tanto o cumprimento das normas SST e o envio de informações passam a ser prioridade e podem fomentar uma cultura de segurança nas instituições e, como consequência, trabalhadores mais saudáveis e protegidos. A OnCare Saúde faz parte desse processo e está totalmente preparada para ajudar as empresas a trilharem o caminho do eSocial”, conclui o médico e diretor da OnCare Saúde.
É importante lembrar, que as normas de SST além de proteger o trabalhador, auxilia a empresa em uma gestão mais eficiente. Isso porque, ao proteger seus funcionários e pagar os adicionais relativos aos riscos corridos em suas atividades corretamente, a empresa diminui exponencialmente o número de processos judiciais. E, nesse cenário, o eSocial vai facilitar a vida das empresas e aumentar a proteção das pessoas.

Sobre a OnCare Saúde

A OnCare Saúde é uma plataforma de solução integrada de saúde, que oferece assessoria e consultoria, para empresas e para população em geral. Dentro dessa plataforma, de gerenciamento macro, está a assistência médica que também garante a assistência integral social e à saúde dos beneficiários e seus dependentes, com ações de promoção, proteção, recuperação e reabilitação, de forma a contribuir para o aprimoramento do sistema social e de saúde do Brasil.

Nesse momento de pandemia a OnCare Saúde tem adotado todas as medidas sanitárias recomendadas pelas autoridades em saúde, no Brasil e no mundo. Dessa forma, os atendimentos presenciais continuarão acontecendo por ordem de chegada, como ocorre normalmente. É exigido o uso de máscaras e ofertado álcool em gel para todo usuário que tenha que se deslocar até uma unidade.

A OnCare Saúde ainda adverte que os serviços digitais são amplos e estão disponíveis 24 horas por dia; e que o paciente só se dirija a uma unidade se realmente imprescindível.

Mais informações para a imprensa
Sandra Cunha, jornalista
Mtb 26.095
[email protected]
www.sandracunha.com.br
(11) 99694.8607 (whatsapp)




 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »