29/10/2021 às 20h17min - Atualizada em 31/10/2021 às 00h00min

Mapa aponta risco muito baixo para covid-19 no Rio e na Baixada

Na média geral, o estado do Rio de Janeiro teve 45% menos internações e 52% menos óbitos por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) na semana de 10 a 16 de outubro, comparada à de 26 de setembro a 2 de outubro.

SALA DA NOTÍCIA Agência Brasil
https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2021-10/mapa-aponta-risco-muito-baixo-para-covid-19-no-rio-e-baixada

O Mapa de Risco da Covid-19 da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro apontou, pela primeira vez, risco muito baixo para a Região Metropolitana I, que inclui a capital e a Baixada Fluminense. A classificação de bandeira verde foi divulgada hoje (29) e se baseia, entre outros indicadores, no número de óbitos em uma semana, que caiu de 301 para 130 nesses municípios, o que representa queda de 56,8%.



Na média geral, o estado do Rio de Janeiro teve 45% menos internações e 52% menos óbitos por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) na semana de 10 a 16 de outubro, comparada à de 26 de setembro a 2 de outubro.



O governo estadual informa que, com o avanço da campanha de imunização e a diminuição de transmissão da doença, a taxa de ocupação de leitos segue em queda sustentável. A ocupação de unidades de terapia intensiva (UTI) passou de 41%, no levantamento anterior, para 33% no decorrer desta semana.



Para os leitos de enfermaria, o recuo foi de 21% para 20%. Os percentuais são os menores do ano, e parte dos leitos está sendo revertida para tratamentos de outras especialidades.



A única região classificada com risco moderado, ou bandeira laranja, foi o Médio Paraíba, mas o governo do estado afirmou que a avaliação é influenciada pela baixa densidade demográfica e não representa gravidade. O número de mortes por covid-19 nesses municípios subiu de 21, na semana de 26 de setembro a 2 de outubro, para 26, na semana de 10 a 16 de outubro.



As demais regiões do estado foram classificadas como de risco baixo para covid-19 e receberam bandeira amarela. 



 




Fonte: agenciabrasil.ebc.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »