05/11/2021 às 12h31min - Atualizada em 05/11/2021 às 14h30min

Programas sociais da COOP repassam mais de R$ 169 mil para APAEs

SALA DA NOTÍCIA MP & ROSSI COMUNICAÇÕES
Divulgação
O atributo consciência está sempre presente no dia a dia da Coop, tanto que os cooperados e clientes contribuíram para o repasse de R$ 169.332,14 para a Federação das APAES-SP (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais).
O valor refere-se aos programas Troco do Bem e Revista Coop, do 3º trimestre de 2021 (julho, agosto e setembro), que integram a plataforma de sustentabilidade Coop Faz Bem.

Desde 2010, metade do valor de venda de cada de exemplar da Revista Coop (descontados os impostos) é doada para 10 unidades da APAE, instaladas nas comunidades atendidas pela Cooperativa e que envolvem 3 mil assistidos. No terceiro trimestre deste ano, o repasse totalizou R$ 73.928,58, correspondendo a 59.537 exemplares vendidos.

O outro programa, Troco do Bem, sugere a doação de centavos quando o pagamento das compras é feito em dinheiro, seja nas lojas de supermercado ou drogarias. Nesse período,  o valor doado foi de R$ 95.403,56 e em 11 anos de parceria com a Federação das APAES-SP já foram repassados mais de R$ 5 milhões.

Essas doações são de extrema importância para as APAEs, pois é com o dinheiro repassado trimestralmente que as unidades têm coberto despesas e emergências que surgem no dia a dia. A APAE de Mauá, que atende 285 assistidos com deficiência intelectual, é uma delas.

Segundo o presidente, Elvio Bozzato, a doação dos cooperados e clientes geralmente é revertida na compra de materiais para as oficinas terapêuticas, que não são poucas, e que visam ao desenvolvimento pessoal. Na estrutura de 4 mil m², os assistidos têm acesso a aulas de culinária, cozinha experimental, aulas de artesanato, marcenaria, corte e costura, informática, música, além de outras atividades. Não é raro, segundo ele, usar o dinheiro para serviços de reparo na estrutura. “Nossas instalações são antigas e requerem manutenção constante para que possamos manter a qualidade de atendimento”, explica o presidente.

Além de todas as dificuldades financeiras que sempre rondaram as APAEs, o isolamento social dificultou ainda mais a obtenção de receitas, principalmente com a proibição de realização de eventos públicos. Esse é o caso da unidade de Piracicaba, que atende 350 assistidos com deficiência intelectual e múltiplas.

“Nossa participação na Festa das Nações, evento municipal, bem como promoções próprias, é o que garantia o pagamento do 13º salário dos profissionais”, comenta Margarete Gomes, assistente social. A pandemia gerou ainda uma redução expressiva no volume de doações da sociedade por telemarketing. “Estamos vivenciando uma situação delicada que depende da força divina e da boa vontade da sociedade em nos ajudar na manutenção do trabalho”, avalia  Margarete Gomes.

Atualmente a Coop possui cerca de 6 mil colaboradores diretos, mais de 900 mil cooperados ativos, 31 lojas de supermercado, sendo 23 no Grande ABC, uma em Piracicaba, três em São José dos Campos, duas em Sorocaba e duas em Tatuí, três postos de combustíveis e 79 drogarias em operação. Por ser uma cooperativa, seu principal objetivo é oferecer os melhores serviços a preços justos, além de reverter benefícios aos cooperados e à comunidade.

Site: https://www.portalcoop.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »