24/11/2021 às 10h52min - Atualizada em 24/11/2021 às 13h50min

I Expo Dia da Consciência Negra entrega Selo de Igualdade Racial para empresas com representatividade negra

Cerimônia certificou 30 instituições privadas que têm no quadro de profissionais ao menos 20% de pessoas negras em diferentes níveis hierárquicos e funções

SALA DA NOTÍCIA Fátima Robustelli
Como uma das ações da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC) na I Expo Internacional Dia da Consciência Negra, houve a entrega do Selo Igualdade Racial de 2021, na tarde do dia 22 de novembro, em cerimônia no evento promovido pela Prefeitura de São Paulo, no Anhembi. O objetivo foi reconhecer as instituições privadas comprometidas com representatividade de negras e negros nos diversos níveis hierárquicos. “A desigualdade de oportunidades no mercado de trabalho é mais uma parte perversa do racismo estrutural que vivemos, e o Selo de Igualdade Racial, ao reconhecer e estimular ações afirmativas e inclusivas na esfera do trabalho, contribuiu para o objetivo maior desta Expo, que é derrubar a muralha do racismo estrutural que permeia a nossa sociedade”, ressaltou a secretária municipal de Relações Internacionais, Marta Suplicy. 

O Programa Selo Igualdade Racial foi instituído por lei municipal em dezembro de 2015, regulamentada dois anos depois, e recebeu, nesta sua segunda edição, 41 inscrições de empresas e organizações interessadas em obter a distinção. Após minuciosa análise do Comitê de Ações Afirmativas de Promoção da Igualdade Étnico-Racial, 30 destas propostas foram consideradas em total conformidade com as normas e, portanto, merecedoras do Selo. “Esse Selo é a garantia da presença de negras e negros nos cargos das empresas, e não é apenas nos serviços de limpeza ou para servir um cafezinho - que são atividades tão respeitosas, mas não as únicas para nós. O Selo é a garantia da presença de negros em todos os postos das empresas. Então, quem está sendo diplomado, cumpriu essas regras. Eu, enquanto munícipe e cidadã negra, de uma família de trabalhadores, dou meus sinceros cumprimentos”, declarou a secretária de Justiça, Eunice Prudente. 

O objetivo do reconhecimento é incentivar as empresas e organizações privadas a adotarem políticas afirmativas no âmbito do trabalho que permitam promover a igualdade étnico-racial em termos de oportunidades materiais, mitigar e eliminar gradualmente os atos discriminatórios como uma forma de reparação de injustiças historicamente cometidas contra a população negra. A validade do Selo é de um ano, e pode ser renovado. As instituições agraciadas podem utilizar o Selo de Igualdade Racial em suas relações públicas e campanhas publicitárias.

“Esse reconhecimento, na verdade, é o início de um trabalho que resolva a questão da empregabilidade da população negra. Que esse Selo seja um incentivo e uma sensibilização para as empresas. Essa é uma oportunidade maravilhosa, e quem ganha com isso é nossa população negra e periférica. A lei foi feita em 2015 e essa é a primeira vez que fizemos a premiação às empresas e organizações que cumpriram os requisitos”, afirmou a secretária executiva adjunta de Promoção da Igualdade Racial, Elisa Lucas Rodrigues.

A área de promoção à igualdade racial da SMDHC, que é responsável pelo Selo, também incentiva as instituições - que embora ainda não tenham atingido o percentual mínimo de 20% em seus quadros de funcionários, ou alcançaram a meta apenas em parte dos cargos e funções - a conhecerem boas práticas e trocar experiências por meio de imersões com especialistas no tema e do acompanhamento das atividades do Selo Igualdade Racial. 

“Gostaria de parabenizar as empresas que receberam o Selo. Vocês deram o exemplo de transformação dentro das empresas. Cumpriram a cota de maneira escalonada, ou seja, em todas as posições. Se nascemos iguais em direitos, quando a sociedade começou a nos segregar? Precisamos abrir essas oportunidades. Quando se investe em diversidade, no fim, miramos em uma sociedade de paz, justa e humanitária”, pontuou a secretária de Direitos Humanos e Cidadania, Cláudia Carletto.

Confira a lista de empresas que receberam o Selo Igualdade Racial:

99 Jobs Desenvolvimento humano LTDA 

Alicerce Educacional LTDA. 

AMIL Assistência Médica Internacional S.A 

Associação Ago Lonã 

Associação Aristocrata Clube 

Associação Beneficente Educacional e Cultural Ile Ase Iyalode Oyo 

Associação Beneficente Luz da Sabedoria 

Associação dos Artistas Amigos da Praça (ADAAP) 

Associação Franciscana de Solidariedade 

Associação Lyra 

Associação Pró-Falcêmicos - APROFe 

Associação Projeto Nacional de Ensino - PRONACE 

Casa de Marias 

CAMP - Centro de aprendizagem e melhoramento profissional 

Coletivo Meninas Mahin 

Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Mun. de São Paulo - Prodam-SP 

Grêmio Recreativo Cultural Social Escola de Samba Unidos de Vila Maria 

Grupo de assistência ao tratamento e hospedagem infantil - Grathi 

Instituto Akhanda 

Instituto Ativamente Juventude Negra 

Instituto Consulado da Mulher 

Laboratório Fantasma Produções 

Minuto Consultoria 

Oliver Press Comunicação Integrada 

PepsiCo do Brasil Ltda 

Rede despertar sonhos 

São Paulo Parcerias S.A. 

Unimais Vestibulares 

Vetor Brasil 

VM Rede de comunicações
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »