21/10/2018 às 19h30min - Atualizada em 21/10/2018 às 19h30min

Fotos mostra local onde corpos de três jovens foram enterrados

As fotos foram durante a ação, homens do Corpo de Bombeiros fazem o resgate e o encontro dos cadáveres de duas mulheres e um homem.

Marcos Santos
Portal do Marcos Santos
Com os suspeitos localizados envolvidos no triplo homicídio na zona Leste, um crime bárbaro que foi filmado e relacionado à briga de facções criminosas Família do Norte (FDN) e Comando Vermelho (CV), a polícia chegou até o local onde os corpos foram enterrados, numa mesma cova, na noite deste sábado (20).

As fotos foram durante a ação, homens do Corpo de Bombeiros fazem o resgate e o encontro dos cadáveres de duas mulheres e um homem. Segundo identificação prévia, os mortos são Emily Souza Lima, 18, Lorena Amaral de Souza, 18, e Joedson Maia Nóbrega, 21. Presos Forças da segurança pública prenderam dois homens e apreenderam um adolescente envolvidos nas execuções.

Os suspeitos levaram a polícia até uma área de mata, no ramal do São Francisco, no Armando Mendes, onde foi localizada a arma usada no crime e os corpos. Fontes informaram que a execução ocorreu por suspeita de que Emily e Lorena estivessem passando informações para a facção rival, o Comando Vermelho (CV). Joedson teria participado do crime, armando uma emboscada para as duas jovens, que estavam desaparecidas.

Ele teria um relacionamento amoroso com Emily e ela teria ameaçado entregá-lo para a polícia. Foragidos De acordo com o secretário de Segurança, coronel Amadeu Soares, que esteve na operação, dois dos cinco envolvidos estão foragidos, mas já foram identificados e estão sendo procurados. As investigações começaram ainda na noite de sexta-feira (19) pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Pablo Lima Freitas, 22, foi preso na casa da avó no Ramal São Francisco, no Km 43 da AM-010. Além dele, Paulo Henrique Porfiro de Souza, 20, foi preso e um adolescente de 15 anos, que filmou o crime, foi apreendido.

De acordo com o titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), delegado Orlando Amaral, as imagens que circularam nas redes sociais também serviram para identificar os suspeitos. “Chegamos até eles até mesmo pela ousadia de colocarem na Internet. Vimos tatuagem, fomos às redes sociais e chegamos à família do Pablo.

A partir dele chegamos aos demais”, afirmou o delegado Orlando Amaral. Neste sábado, durante uma nova fase da Operação Ocupação, da Polícia Militar, Polícia Civil e SSP-AM, Paulo e o adolescente foram localizados no Armando Mendes, próximo a cena do crime. Corpos Os dois homens serão autuados por homicídio qualificado e o adolescente encaminhado para a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai). Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal onde serão submetidos aos procedimentos de identificação pelos familiares.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »