27/10/2018 às 13h42min - Atualizada em 27/10/2018 às 13h42min

Butekão do reino é demolido pela prefeitura de Manaus.

Dois dias após Manaus completar 349 anos e aproximadamente 40 dias em que a Reino Unido completou 37 anos, o prefeito de Manaus, "MANDA DEMOLIR O BUTEKÃO DO REINO".

Redação
Jairo de Paula
Por/ Jairo de Paula..

SAMBA SOFRE DURO GOLPE, AGONIZA MAS NÃO MORRERÁ  

Dois dias após Manaus completar 349 anos e aproximadamente 40 dias em que a Reino Unido completou 37 anos, o prefeito de Manaus, "MANDA DEMOLIR O BUTEKÃO DO REINO".

"O Samba chora, sente na carne mais essa covardia. BUTEKÃO que deveria ter sido tombado como outros locais os foram, é destruído pelo Ódio pela Soberba pela Arrogância e pela falta de preparo daqueles que inveredam pelo caminho da atividade pública mas não admitem serem  contrariados" Afirmou: Jairo de Paula.

Tantos nomes pizaram  nesse palco: Zeca Pagodinho, Jorge Aragão,  Paulo César Pinheiro,  Mestre Marçal, Noca da Portela dentre  outros e com certeza um pedaço de cada um de nós também foi destruido. O IMPLURB alega para DERRUBADA é  que o mesmo está sobre a calçada. Entendemos que  a construção do mesmo foi irregular, mas se dermos uma rápida olhada em redor deste espaço vamos nos deparar com vários imóveis na calçada, haja vista que o Morro surgiu de ocupação na maioria do povo advindo do interior em função da cheia do Rio e a demarcação das terras não contemplava o progresso que se instalou ali nos dias de hoje.. Mas vamos lá seu prefeito,  vamos lá  presidentes do IMPLURB de 2009 até aqui, vocês só detectaram esse erro no BUTEKÃO?  Será que em toda Manaus só o BUTEKÃO está na calçada?

"Que mal fez o BUTEKÃO pra comunidade?  Reúniu pessoas de bem, sambistas de toda a Manaus e do Brasil, promoveu  renda familiar à  tantas famílias que sobrevivem da venda de bebidas e golusemas no PAGODE DA RESISTÊNCIA, e tantos seguimentos como músicos,  operador de som iluminação e afins.
Mas tenham a certeza, que vocês não acabarão com o SAMBA, pois no " MORRO REINA O ESPÍRITO IMORTAL DA RESISTÊNCIA DO SAMBA", começamos debaixo de uma lona e podemos voltar.
Fica aqui a nossa indignação". Jairo de Paula.

(NOTA DA PREFEITURA)

De acordo com a prefeitura, a ação de demolição, no estabelecimento construído na calçada da rua São Benedito, no muro lateral da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Morro da Liberdade, zona Sul, foi realizada em cumprimento de uma medida judicial, proposta pelo Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM), por estar irregular.


A informação de que a operação, coordenada pela Secretaria Executiva do Gabinete de Gestão Integrada Municipal, teria motivação eleitoral é inverídica, de acordo com a prefeitura.



Denúncia de irregularidade


"O bar, conhecido como ‘Botekão do Reino Unido’, estava fechado e era objeto de processo de denúncia por irregularidade de construção sobre a calçada e de obstrução, que data do ano de 2014.


A demolição voluntária foi solicitada em diversas ações fiscais do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), tendo o prazo sido dilatado, sem cumprimento do proprietário, mesmo quatro anos depois. O bar foi autuado e notificado várias vezes, sem que a irregularidade fosse sanada.Sem possibilidade de regularização, em razão de ter ocorrido invasão de área pública, a demolição administrativa foi executada, conforme a legislação urbana prevê", finaliza a nota.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »