01/08/2022 às 20h27min - Atualizada em 02/08/2022 às 00h00min

Comunicados de Covid em escolas particulares disparam 44% em junho

Levantamento da EdTech Layers avaliou assuntos de 3 mil recados enviados por pais e responsáveis de mais de 600 instituições privadas no País

SALA DA NOTÍCIA Victoria Bernardes
https://layers.education
Divulgação

A pandemia continua afetando a rotina do setor de ensino. Em junho, segundo dados da Layers, edtech que unifica ferramentas de gestão escolar para instituições de ensino, as escolas particulares do Brasil receberam 3.902 comunicados de pais e responsáveis, dos quais 1.367 tinham como tema “Covid”. Comparado com fevereiro, início do ano letivo, o aumento foi de 44%. O crescimento está acima do avanço dos casos da doença no país que, de acordo com informações do consórcio de veículos de imprensa, foi 26% a mais que em maio.

O levantamento, que analisou abertura de comunicados em mais de 600 instituições particulares do Brasil, ainda mostrou que os recados estavam relacionados a atestados médicos, testes positivos, atestados médicos e afastamentos dos estudantes. A Layers reitera que todo o estudo foi feito com base nos temas das comunicações e não tem acesso aos dados dos indivíduos nem do conteúdo dos recados, analisados apenas para finalidade de consulta.

De acordo com o especialista em tecnologias educacionais e CEO da Layers, Danilo Yoneshige, para que os estudantes não tenham prejuízos no aprendizado, a modalidade do ensino híbrido não pode ser abandonada. “Permitir que os alunos tenham acesso às aulas mesmo longe da instituição de ensino é uma forma de democratizar o acesso à educação nesta nova realidade imposta pelo coronavírus”.

Sobre a Layers

Fundada em 2018 na cidade de São Caetano do Sul (SP), a Layers é uma EdTech que integra aplicativos de educação para instituições de ensino básico, alunos e seus responsáveis. Possibilita acesso a diversas ferramentas de organização, comunicação e consulta em um único canal, unificado em uma interface digital com acesso via computador e celular. A tecnologia já é utilizada por mais de 600 instituições, 11 redes de ensino e mais de 350 mil famílias. No primeiro semestre de 2021, a Layers ficou entre as 100 empresas de tecnologia para a educação mais promissoras, pelo ranking da consultoria americana HolonIQ. A companhia foi a primeira no mundo investida pela Faber-Castell em 2020. Está entre as Melhores para o Brasil, segundo a pesquisa Humanizadas de 2022.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »