23/07/2019 às 14h57min - Atualizada em 23/07/2019 às 14h57min

Wellington Andes (Boia) 14 anos dedicados salvando vidas dos peões na arena do Rodeio Show.

Eduardo Sampaio
Redação
Foto: Silas Laurentino / CMC Autazes
Wellington Andes (Boia) 14 anos dedicados Salvando Vidas dos Peões na Árena do Rodeio Show.

Quem acompanha as provas de montarias nos rodeios não faz ideia de quem são os salva-vidas que se aproximam do touro enfurecido, logo após o peão ir ao chão, porque foi derrubado ou por ter cumprido os oito segundos obrigatórios sobre o animal.

No Brasil, a presença destes heróis das arenas teve início na década de 1970, quando o peão Tião Procópio trouxe para o país a “corda americana”, modalidade usada na montaria em touros nos Estados Unidos.

O pioneiro também foi o responsável pela inclusão dos salva-vidas nas arenas, no Amazonas a equipe rodeio show tem os seus salva vidas que com muita coragem estão sempre Perto para proteger o peão quando o mesmo cai do Boi. A 14 anos de rodeio Wellington Andes conhecido carinhosamente por "BOIA", representa bem esses caras de coragem, e com uma grande experiência em rodeios fala da importância desta função. "Como sempre gostei de montarias, decidi ser salva-vidas pois amo esta perto de tudo isso, e no nosso estado o rodeio tem tomado uma grande proporção e estou até hoje, há 14 anos”, contou. Wellington Andes

Na arena quem faz parte e inclui a equipe são os salva-vidas William serrão e Manoel Monteiro que ver o "Boia" como uma inspiração nesta função que os meninos estão começando a se destacar nos rodeios. “Basta ver quantos segundos o peão precisa ficar sobre o touro [oito segundos, de acordo com o regulamento] . Pois é, nós começamos a atuar desde o primeiro segundo dele (peão) em cima do touro, até ele sair da arena em segurança”, resumiu Wellington Andes.

Equipe Rodeio, Pedro Arruda está em Autazes para a festa do Leite 2019.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »