Prêmios do Nota MT ajudam na manutenção de entidades sociais do interior

A prática da cidadania vem transformando a realidade das entidades filantrópicas existentes em Mato Grosso. O Programa Nota MT, promovido pela Secretaria de Fazenda (Sefaz-MT), tornou um importante instrumento de sustentação das 91 instituições do interior do estado contempladas neste ano.

Em 2021, as entidades filantrópicas que mais receberam recursos oriundos do Nota MT pertencem aos municípios de Cáceres, Sinop, Tangará da Serra e Várzea Grande. As cinco mais indicadas pelos ganhadores, juntas, acumulam cerca de R$ 170,1 mil, conforme dados divulgados pela Coordenadoria do Programa Nota MT.

O Lar dos Idosos São Vicente de Paulo, localizado em Várzea Grande, referência em cuidado e proteção à terceira idade na cidade foi a mais indicada pelos ganhadores fora do eixo Cuiabá. A instituição recebeu R$ 46,4 mil, desse montante R$ 41,4 já foram repassados.

De acordo com o diretor do Lar dos Idosos, João Cassim, a quantidade de indicações que a instituição recebeu se dá pela campanha interna nas redes sociais e colaboração da prefeitura do município ao indicar a entidade para os contribuintes.

João Cassim, ainda, revela que “os repasses tem ajudado a custear as despesas diárias, comprar medicamentos, pequenos reparos e arcar com a folha de pagamento”, disse Cassim.

Em Sinop, o Centro Social Menino Bom Jesus e a Associação Protetoras dos Animais, foram os mais indicadas pelos ganhadores e destinados R$ 35,2 mil e R$27,8 mil respectivamente.

Outra instituição muito indicada pelos contribuintes premiados pelo Nota MT este ano é o Centro Transitória da Criança, sediado em Tangará da Serra, programa de atendimento para crianças vítimas de maus tratos. A entidade foi favorecida com R$ 33 mil, tendo recebido R$ 23,1 mil.

Da Redação

ASSISTA O VÍDEO ABAIXO

× FALE CONOSCO