Dentista procurado por estelionato em MG é preso em Várzea Grande

Um cirurgião dentista acusado de aplicar crimes de estelionato pela internet foi preso pela Polícia Civil de Mato Grosso, na tarde de segunda-feira (02.05), durante ação integrada da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Várzea Grande e da Delegacia Especializada de Crimes Fazendários (Defaz).

 

O trabalho para cumprimento de mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão domiciliar foi em apoio ao Departamento de Operações Especiais e Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas, da Polícia Civil de Minas Gerais, responsável pelas investigações dos golpes aplicados pelo suspeito em vários Estados do Brasil.

 

As ordens de prisão preventiva e de busca e apreensão foram decretadas pela Justiça da Comarca de Paraopeba (MG), contra o investigado de 48 anos. As diligências iniciaram há cerca de 8 meses e apontam o dentista como sendo o autor dos estelionatos cometidos na modalidade conhecida como “Golpe do OLX”.

 

Conforme apurado, o homem utilizava a profissão de cirurgião dentista, bem como trabalhava no seu consultório montado no bairro Água Vermelha, em Várzea Grande, com intuito de esconder as atividades ilícitas que vinha praticando.

 

Um dos crimes foi registrado na cidade mineira de Paraopeba, ocasião em que um anúncio verdadeiro foi clonado e alterado, vindo o golpista a induzir a vítima a erro. A vítima realizou uma transferência no valor de R$ 160 mil para conta bancária de uma terceira pessoa vinculada ao suspeito.

Diante dos mandados judiciais expedidos, a Polícia Civil de Minas Gerais solicitou apoio a Polícia Civil de Mato Grosso, que cumpriu o mandado de prisão preventiva e as buscas no endereço em Várzea Grande.

 

O cirurgião dentista foi conduzido até a Derf de Várzea Grande para as providências cabíveis e posteriormente colocado à disposição do Poder Judiciário.

Da Redação

ASSISTA O VÍDEO ABAIXO

× FALE CONOSCO