Haitiano que ficou paraplégico ao ser baleado é encontrado morto em residência

O haitiano Chrisner Elveus, 43 anos, foi encontrado morto, na noite de segunda-feira (20), em sua residência no bairro Residencial Altos do Parque, em Cuiabá. A vítima, segundo informações da Polícia Civil, foi baleada no ano de 2015 e ficou paraplégico. Diante disso, ele teria desenvolvido quadro de depressão.

Policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) informaram que foram acionados para atenderam uma ocorrência em que um homem havia sido encontrado morto em uma casa do bairro.

Os agentes foram ao local e encontraram o haitiano enforcado com ataduras enrolada ao pescoço caído ao lado de uma cama.

Em conversa com familiares que residiam com Chrisner, estes relataram aos policiais que no ano de 2015, ele foi baleado diversas vezes e ficou paraplégico. Diante disso, ele precisava de ajuda para se locomover.

Com o passar do tempo, a vítima desenvolveu um quadro de depressão e começou a fazer uso de medicamentos antidepressivo por um tempo.

Na noite de segunda-feira, ele usou uma atadura que estava em um dos ferimentos para fazer uma corda e amarrou ao lado da sua cama e rolou para o outro lado. Diante disso, ele foi enforcado.

A morte foi confirmada por agentes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O crime

Em novembro de 2015, Chrisner estava na frente de uma quitinete onde morava, no Bairro Esperança, em Cuiabá, e conversava com amigos, também do Haiti, quando um motociclista passou pelo local disparando tiros contra a residência e contra os estrangeiros.

Um dos disparos acertou o haitiano e a bala ficou alojada na coluna dele. Ele foi internado no Pronto-Socorro de Cuiabá (PSMC) ainda no dia do crime e chegou a ser liberado no dia 30 de novembro daquele ano.

Fonte: Hiper Notícias

ASSISTA O VÍDEO ABAIXO

× FALE CONOSCO