Kleiber Beltrão, maior narrador da história do DF, falece em Brasília

Kleiber Beltrão representava com fidedignidade o sentido do substantivo professor.

Gentil, educado, atencioso, sempre disponível para uma boa conversa e com uma fineza que raramente se vê nos dias de hoje, Kleiber Beltrão era um gentleman, um homem abençoado.

Pedro Kleiber de Bezerril Beltrão nasceu em Fortaleza, mas seu coração era candango. No quadradinho do centro do Brasil, se tornou um dos maiores cronistas esportivos da história do país e o maior narrador do Distrito Federal.

Em sua saudosa carreira de 53 anos, Kleiber foi líder de audiência imbatível. Com brilhantismo ímpar, transmitiu as emoções do futebol de Brasília e do Brasil pelas Rádio e TV Nacional, Rádio e TV Brasília, Rádio Capital, Rádio Planalto, Rádio Globo, Rádio Clube e Rádio Mega. Colaborou com a TV Record, Rádio Transamérica e Rádio Bandeirantes.

Kleiber também fez sucesso no rádio pernambucano pela TV e Rádio Jornal do Commércio, TV e Rádio Clube de Pernambuco e Rádio Globo do Nordeste.

Kleiber narrou 10 Copas do Mundo. Centenas de partidas de futebol e milhares de gols. Sempre com seu jeito fino, mas muito emocionante de passar o jogo para o ouvinte e o espectador.

Jornalista, mas também economista e matemático, áreas de sua formação acadêmica. Filho da Universidade Federal de Pernamcubo (UFPE) e da Universidade Católica de Pernambuco, o professor Kleiber lecionou nas mais importantes instituições educacionais de Brasília, com destacada atuação no UniCeub.

Assessor da Presidência da República, em 1992, e do Ministério da Fazenda, entre 1992 e 1995, tendo atuado no órgão durante a criação do Plano Real, Kleiber Beltrão ainda foi servidor público do Banco do Brasil e do Banco Central do Brasil.

Kleiber presidiu a Associação Brasiliense de Cronistas Esportivos (ABCD) em dois mandatos seguidos, sempre aclamado no comando da entidade. Aclamado presidente da Associação Brasileira de Cronistas Esportivos em 2016, esteve à frente da entidade até 2021. Kleiber era vice-presidente da AIPS América, entidade que representa os cronistas esportivos de todo o mundo.

Sua última narração foi pela TV Câmara Distrital, no jogo entre Brasiliense e Ceilândia, pela primeira rodada da segunda fase do Campeonato Candango 2022. Kleiber foi homenageado pela ABCD no projeto de transmissão do Candangão em parceria com a TV Câmara Distrital. Ele transmitiu a partida ao lado do seu filho, Pedro Beltrão Junior.

O Ceilândia Esporte Clube, a Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (ABRACE), a Associação Brasiliense de Cronistas Desportivos (ABCD), a Asociación de Cronistas Deportivos de Santo Domingo (República Dominicana), a Federação de Futebol do Distrito Federal (FFDF) e o Círculo de Periodistas Deportivos del Uruguay manifestaram suas condolências.

Pensando bem, o “professor” de Kleiber Beltrão era menos substantivo e muito mais um adjetivo.

O Distrito do Esporte decreta luto por três dias e transmite seus sentimentos a todos os amigos – a que estes se jornalistas incluem – e familiares do eterno professor Kleiber Beltrão.

Nota da ABCD

A Associação Brasiliense de Cronistas Desportivos lamenta profundamente o falecimento de Pedro Kleiber de Bezerril Beltrão, o professor Kleiber Beltrão, ex-presidente da ABCD. 

Kleiber Beltrão representava o que de melhor havia na categoria. Com uma carreira brilhante, empunhando microfones do peso da Rádio e TV Nacional, Rádio e TV Brasília, Rádio Capital, Rádio Planalto, Rádio Globo, Rádio Clube e Rádio Mega. Colaborou com a TV Record, Rádio Transamérica e Rádio Bandeirantes.

No jornalismo esportivo do nordeste, Kleiber levantou os pesados microfones da TV e Rádio Jornal do Commércio, TV e Rádio Clube de Pernambuco e Rádio Globo do Nordeste.

Além de narrador, Kleiber Beltrão era economista e matemático. Formado pela Universidade Federal de Pernamcubo (UFPE) e pela Universidade Católica de Pernambuco, lecioonou nas mais importantes instituições educacionais de Brasília, com destacada atuação no Uniceub. Foi assessor da Presidência da República em 1992 e do Ministério da Fazenda entre 1992 e 1995, tendo atuado no órgão durante a criação do Plano Real. Kleiber Beltrão ainda foi servidor público do Banco do Brasil e do Banco Central do Brasil. 

Durante 53 anos de carreira como cronista, Kleiber Beltrão acumulou amigos e admiradores. Sua reputação o levou a dois mandatos, por aclamação, à frente da ABCD.

Foi eleito, quase à unanimidade, à presidência da ABRACE em 2017. Vice-presidente da AIPS América, entidade mais importante de jornalistas esportivos do Mundo, Kleiber Beltrão teve uma incomparável carreira em defesa da classe, nacional e internacionalmente.

Sua última narração foi pela TV Câmara Distrital no jogo entre Brasiliense e Ceilândia pela primeira rodada da segunda fase do Candangão 2022. Kleiber foi homenageado pela ABCD no projeto de transmissão do Candangão em parceria com a TV Câmara Distrital. Ele transmitiu a partida ao lado do seu filho, Pedro Beltrão Junior.   

Consternados, os membros da diretoria da ABCD prestam suas mais profundas e respeitosas condolências aos familiares e amigos, de carreira e de vida, do eterno professor Kleiber Beltrão.

Fonte: Distrito esportes