Mauro Mendes cobra reciprocidade ambiental durante COP 26

O governador Mauro Mendes (DEM) cobrou das demais nações a reciprocidade ambiental da mesma forma que é imposta ao Brasil para preservação das áreas verdes, durante a 26ª Conferência das Nações Unidas para a Mudança do Clima (COP 26), em Glasgow, na Escócia. O evento iniciou no dia 31 de outubro e segue até 12 de novembro.

Em entrevista a CNN Brasil, Mauro Mendes ressaltou que Mato Grosso tem feito a sua parte em preservar o meio ambiente e frear as mudanças climáticas. Contudo, reafirma o discurso que esse papel não cabe apenas ao Brasil.

“Eu tenho no Mato Grosso 62% da área preservada e somos o maior produtor de alimentos hoje no Brasil, e uma das maiores áreas do planeta que produz alimentos e preserva 62%. Então nós queremos que os outros países também façam isso. Não podemos, nós brasileiros, ficar sendo cobrados. Temos que fazer nossa parte, reconheço isso, é importante e vamos fazer, mas nós queremos também que os outros países façam e a reciprocidade ambiental é exatamente isso: vamos exigir deles aquilo que eles estão exigindo de nós”, disse.

Mendes destacou também em post na rede social dele que Mato Grosso mantém a maior parte do território preservado e monitora os casos de desmatamento ilegal em tempo real, para coibir e punir os responsáveis.

Ele disse ainda que também assumiu o compromisso de neutralizar as emissões de carbono no Estado até 2035, bem antes da meta global de 2050.

“Podemos fazer isso porque já temos um plano de ação em execução. Precisamos do empenho de todos para deixar um planeta melhor para as próximas gerações”.

Fonte: leiagora

ASSISTA O VÍDEO ABAIXO

× FALE CONOSCO