Dono de posto de combustível é alvo de operação da PF em Cuiabá por tráfico de drogas

A Polícia Federal deflagrou, nesta segunda-feira (16.05), nos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Mirassol D’Oeste, Poconé e Pontes e Lacerda, a Operação Jumbo, que tem como alvo uma organização criminosa investigada por tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

 

Foram expedidos pela 7ª Vara Criminal de Cuiabá, oito mandados de prisão preventiva,  29 mandados de busca e apreensão, além do sequestro de diversos bens. Um dos alvos de mandado é empresário e dono do posto de combustível Jumbo, que fica na rodovia Palmiro Paes de Barros, no bairro Nossa Senhora Aparecida, próximo à saída para Santo Antônio.

 

A investigação da Polícia Federal evidenciou uma movimentação de aproximadamente R$ 350.000.000,00,  num período de quatro anos. Foi apurado, também, que a organização criminosa adquiria cocaína no município de Porto Esperidião, acondicionava em Mirassol D`Oeste, para, depois, distribuí-la em Cuiabá.

 

No decorrer da investigação, com o apoio da do setor de inteligência da Polícia Militar e do Gefron, foi possível interceptar dois carregamentos de drogas, totalizando 210kg de cocaína.

 

Além disso, a investigação apontou que a organização criminosa utilizava postos de combustíveis em Cuiabá para a lavagem de dinheiro decorrente do tráfico de drogas.  As investigações e diligências contra o tráfico de drogas continuam, com especial atenção à prisão das lideranças e descapitalização de organizações criminosas.

Da Redação

ASSISTA O VÍDEO ABAIXO

× FALE CONOSCO