Manaus apresenta terceira menor expectativa de vida entre capitais do Brasil, diz Instituto

Manaus apresenta terceira menor expectativa de vida entre capitais do Brasil, diz Instituto

Manaus no Amazonas, a capital do estado do Amazonas, apresenta uma das menores expectativas de vida do país, com apenas 59 anos, de acordo com dados do Sistema Único de Saúde (SUS), analisados pelo Instituto Cidades Sustentáveis. Essa média coloca Manaus empatada com Palmas, no Tocantins, e à frente somente de Macapá, no Amapá, e Boa Vista, em Roraima, que possuem expectativas de vida de 58 e 57 anos, respectivamente.

Por outro lado, Belo Horizonte, em Minas Gerais, e Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, destacam-se como as capitais brasileiras com as maiores expectativas de vida, com uma média de 72 anos. A pesquisa aponta que o acesso a serviços de saúde de qualidade, saneamento básico, segurança pública e educação são fatores determinantes para esses índices mais elevados.

O Mapa das Desigualdades realiza uma análise detalhada de 40 indicadores relacionados aos objetivos de desenvolvimento sustentável estabelecidos pelas Nações Unidas. Esses indicadores abrangem diversas áreas, como saúde, educação, renda, habitação e saneamento. Segundo os responsáveis pelo estudo, a média de idade ao morrer é um indicador que reflete a situação social das cidades brasileiras.

Jorge Abrahão, coordenador-geral do Instituto Cidades Sustentáveis, destaca que a diferença de 15 anos entre a maior e a menor média de idade ao morrer é um reflexo marcante da profunda desigualdade que caracteriza o país. Essa disparidade ressalta a necessidade de direcionar investimentos e políticas públicas com o objetivo de reduzir essa desigualdade.

ASSISTA O VÍDEO ABAIXO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× FALE CONOSCO