Por causa de Weverton, Palmeiras decide ‘peitar’ a CBF e clima esquenta nos bastidores

O Palmeiras vem oscilando bastante durante a temporada e deixa seu torcedor um pouco mais preocupado. Abel Ferreira também não passa por um bom momento, mas o português já deixou claro que está convicto na melhora da equipe e projeta sucesso durante o ano. Os palmeirenses seguem criticando a diretoria por não ter feito contratações pedidas pelo português e muitos consideram o elenco com algumas limitações importantes.

Já pensando em um futuro próximo e na recuperação no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras pretende peitar a ‘CBF’ e se prepara para negar a liberação do goleiro Weverton para as Olímpiadas. A informação foi passada pelo Globoesporte.com nessa segunda-feira (14).

Como a competição não faz parte do calendário da Fifa, o Verdão não tem obrigação de ceder o arqueiro. Assim, pelo menos nesse momento, a ideia é dizer “não” para a Confederação Brasileira de Futebol, por mais que essa decisão traga alguns ruídos e a relação entre o clube e a entidade possa ficar ainda mais estremecida.

O Palmeiras se sente muito prejudicado, tendo em vista que já pode perder o paredão por nove rodadas caso a seleção brasileira do técnico Tite chegue à final da Copa América. Hoje, Weverton é o melhor goleiro do Brasil disparado e há quem o considere titular até do Brasil no lugar de Alisson.

Mesmo com essa postura do Verdão, Jardine, técnico da seleção olímpica, pode ir para o confronto e convocar o arqueiro mesmo com a negativa palmeirense. Esse caso ainda deve ganhar maiores desdobramentos nas próximas semanas, mas a situação já esquenta os bastidores do clube paulista.

ASSISTA O VÍDEO ABAIXO