Quem pode pintar no caminho do Brasil nas quartas de final da Copa América

Com as vitórias de Uruguai e Paraguai, ontem (24), os quatro classificados do grupo A da Copa América estão definidos. Um deles terá o Brasil pela frente nas quartas de final do torneio, e apenas dois tem esta chance.

O time de Tite venceu a Colômbia na quarta-feira e confirmou o primeiro lugar do grupo B. Irá jogar sua partida no dia 2 de julho, no Engenhão, contra o quarto colocado do grupo A.

Hoje quem ocupa tal posto é o Uruguai, mas o Chile também pode ser rival da equipe brasileira. Para enfrentar o Uruguai Para que o Brasil tenha o Uruguai como adversário, a equipe de Suárez e Cavani não pode pontuar na última rodada. O adversário será o Paraguai, segunda-feira (28), no Rio de Janeiro. Se o Uruguai vencer, irá a sete pontos e ultrapassará o Chile e o próprio Paraguai. Se empatar chegará a cinco pontos e também ultrapassará os chilenos no saldo de gols.

Para enfrentar o Chile O Chile tem cinco pontos e não atua na última rodada. Por isso, basta que o Uruguai some um ponto para que os chilenos estejam no caminho do Brasil nas quartas. Só uma vitória do Paraguai evitaria o duelo, que não está nos planos do técnico Martín Lasarte, que já definiu a seleção de Tite como favorita e disse que “ninguém quer enfrentar o Brasil”. Quem não tem chance Três seleções não têm chance de aparecerem no caminho do Brasil. A Argentina, com sete pontos, joga contra a Bolívia na última rodada de olho em garantir o primeiro lugar no grupo. Para isso, basta vencer.

A Bolívia, que não tem um ponto sequer, duela com a Argentina somente para cumprir tabela antes de voltar para casa. Está eliminada.

E o Paraguai, que após vencer o Chile por 2 a 0, ontem, chegou a seis pontos e ultrapassou Chile e Uruguai na tabela. Ainda que possa ser ultrapassado pelo Uruguai na rodada final, os chilenos seguiriam atrás. Para ele, o último jogo vale “escolher” o próximo adversário.

ASSISTA O VÍDEO ABAIXO

× FALE CONOSCO