‘Esporte e Transformação Social’ lança edital de R$ 7 milhões para entidades esportivas

‘Esporte e Transformação Social’ lança edital de R$ 7 milhões para entidades esportivas

No dia 3 de abril, será divulgado o edital de convocação pública intitulado “Esporte e Mudança Social: novos avanços em Mato Grosso do Sul”. Criado pelo Governo Estadual, através da Setesc (Secretaria de Estado, Turismo, Esporte e Cultura) e da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul), o edital destina-se a disponibilizar recursos no valor de R$ 7 milhões para financiar projetos. Portanto, a apresentação do edital ocorrerá às 18h do dia 3, no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo.

De acordo com a Fundesporte, o objetivo é selecionar e subsidiar projetos esportivos que atendam às diversas formas de manifestação esportiva em Mato Grosso do Sul. Nesse sentido, os projetos devem estar em conformidade com as leis, normas, regulamentos e diretrizes das políticas públicas relacionadas ao esporte. Além disso, é necessário que abranjam três principais áreas de atuação: formação esportiva, excelência esportiva e vivência esportiva.

O programa ‘Esporte e Mudança Social’ incluirá 7 categorias diferentes: O montante de R$ 7 milhões será distribuído em sete categorias distintas, sendo elas: esporte e mudança social, esportes de aventura, avaliação da saúde e desempenho de atletas, esporte de alto rendimento para jovens, esporte de alto rendimento para adultos, esporte de alto rendimento adulto e federações esportivas.

As entidades esportivas, associações, institutos, ONGs, clubes escolares e clubes esportivos têm a possibilidade de enviar até 2 propostas, porém em categorias diferentes. Por outro lado, as federações esportivas poderão encaminhar apenas uma proposta na sua respectiva categoria. As entidades com maior pontuação receberão apoio financeiro de acordo com a ordem de classificação do resultado final, com previsão de execução em até 12 meses.

“Há a convicção de que o esporte transforma vidas, desde a base até o alto rendimento. O esporte promove valores humanos e oferece recursos intelectuais e emocionais que auxiliam na tomada de decisões ao longo da vida. Eu mesmo vivenciei transformações significativas em minha vida pessoal e profissional graças ao ambiente esportivo”, afirmou Herculano Borges, diretor-presidente da Fundesporte.

O edital apresentará novas categorias: Algumas categorias serão incluídas pela primeira vez em um edital de convocação pública. É o caso da categoria “esporte para todos”, que visa atender, por exemplo, entidades que promovem atividades esportivas em comunidades em situação de vulnerabilidade social, gerando transformação social por meio do esporte. Uma porcentagem das vagas é destinada ao atendimento de povos indígenas ou quilombolas: Outra novidade é a categoria “esporte de aventura”, que engloba esportes praticados em ambientes naturais, como maratona aquática, mountain bike, canoagem, corrida em trilhas, trekking e stand up paddle. Também será incluída uma categoria relacionada à avaliação da saúde e desempenho dos atletas, com o objetivo de subsidiar projetos que ofereçam avaliação multiprofissional de atletas de alto rendimento.

ASSISTA O VÍDEO ABAIXO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× FALE CONOSCO